Equipe: Você sabe em qual tipo está?


Formar uma equipe que traga resultados para a empresa nem sempre é uma tarefa fácil. Estamos o tempo todo pensando em como nossas equipes podem ser mais produtivas e eficientes. Quer saber mais? Leia nosso último texto aqui!

Existem vários tipos de equipes, você sabe em qual equipe está inserido?

1. Equipes de Alto Desempenho: são aquelas que superam os objetivos inicialmente apresentados, surpreendem com excelentes resultados, são auto motivadas, têm desempenho extraordinariamente elevados. Superam os obstáculos, são independentes, conhecem bem o negócio que está inserido, assim planejam ações futuras analisando de forma macro o contexto, para tomada de decisão rápida diante da mudança de cenário repentina. Além de serem altamente produtivas, confiantes, comprometidas e dispostas.

Equipes de alto desempenho buscam constantemente aperfeiçoamento profissional, têm visão e senso de propósito, confiança e respeito mútuo, liderança compartilhada, capacidade de adaptação e flexibilidade, servem com excelência aos clientes, compartilham valores, metas e planos, aprendem com as capacidades dos membros da equipe, são altruístas, possuem boa comunicação, se fazem entender por todos os públicos além de terem escuta ativa.

2. Equipes Virtuais: na era da informação nada mais comum que equipes virtuais se fazerem presentes nas organizações. Com o desenvolvimento tecnológico, o intercâmbio de informações acontece de forma simples e funcional. Algumas empresas têm fábricas em um país e escritórios em diversos outros países, mas se comunicam e fazem o giro do negócio com maestria. Pessoas trabalham em um mesmo projeto estando em cidades, estados, países diferentes e com culturas distintas. Os membros das empresas trabalham em escritórios virtuais, home office, cafés... e mantém a comunicação com os demais colegas, através de seus computadores, smartphones e outras ferramentas. Se comunicam por meios virtuais, fazem reuniões online, conferências pelo computador e telefones, mensagens instantâneas, e-mails, e executam suas tarefas à distância.

As equipes virtuais não são diferentes das tradicionais, que tem contato face to face, esses não ficam tão próximos fisicamente, mas realizam o trabalho com o mesmo nível de comprometimento. Essa modalidade exige do profissional autogerenciamento, conhecimento do trabalho a ser executado, autonomia, gestão do próprio tempo e organização pessoal. O trabalho virtual muda alguns hábitos arraigados, como o conceito de espaço e tempo, móveis de escritório, sala, parada para um cafezinho com o colega de trabalho, sala do chefe etc. As equipes virtuais vivenciam a experiência de não estarem fisicamente juntas no mesmo local de trabalho, enquanto as tarefas são realizadas, mas realizam as mesmas tarefas. Essas equipes são formadas por diversas razões e objetivos, não somente os trabalhos em si são comuns, mas a educação à distância, grupos de discussão, entrevistas de emprego, apresentação de times a outras unidades. Além da grande redução de custos em processos que são tratados através dos meios virtuais.

3. Equipes Autogerenciadas: são aquelas com membros responsáveis pelo cumprimento dos objetivos definidos pelo gestor ou líder direto. Os controles são feitos por eles mesmos para atingir os objetivos desejados. Seus integrantes são responsáveis por fazer a própria gestão. A equipe precisa ter os objetivos claros, para a execução com precisão das tarefas, o líder direto nem sempre se faz necessário, quando o fluxo do processo já existe, a execução acontece de forma simples natural. Geralmente dentro da equipe tem um participante que gerencia o fluxo do trabalho, dispensando um líder dedicado. Nas equipes autogerenciadas quando se faz necessário à liderança não é para o controle do processo, esses são realizados automaticamente, mais sim para apresentação de novos desafios. Faz parte do perfil da equipe o planejamento bem estruturado com cronogramas bem feitos, descrições das tarefas de acordo com cada cargo e os papeis bem definidos, além da participação de todos os membros no planejamento do trabalho. Esses detalhes são características existentes nas equipes. Em outras palavras, eles são responsáveis não apenas pela execução do trabalho, mas também por gerenciar a si próprios.

4. Equipes Empowerment: empowerment é um conceito de Administração de Empresas que significa "descentralização de poderes", ou seja, sugere uma maior participação dos trabalhadores nas atividades da empresa aos lhes ser dada maior autonomia de decisão e responsabilidades.

Líderes a frente de equipes que trabalham com esse conceito, tem equipes multifuncionais, comprometidas e inovadoras, são um novo perfil de profissional. O trabalho é caracterizado principalmente pela autogestão, comprometimento, autonomia, capacidade de tomada de decisão.

5. Equipes Funcionais: são equipes interdepartamentais que buscam resolver problemas que afetam a diversos setores da empresa. São constituídas por membros de vários departamentos ou de diferentes atividades funcionais. Em geral, atendem a dois critérios: um interno à equipe e outro externo em relação à organização. A equipe funcional serve para juntar conhecimentos e habilidades individuais vindos de várias áreas de trabalho, no sentido de apresentar soluções para problemas operacionais.

[if gte vml 1]><v:shapetype id="_x0000_t75" coordsize="21600,21600" o:spt="75" o:preferrelative="t" path="m@4@5l@4@11@9@11@9@5xe" filled="f" stroked="f"> <v:stroke joinstyle="miter"></v:stroke> <v:formulas> <v:f eqn="if lineDrawn pixelLineWidth 0"></v:f> <v:f eqn="sum @0 1 0"></v:f> <v:f eqn="sum 0 0 @1"></v:f> <v:f eqn="prod @2 1 2"></v:f> <v:f eqn="prod @3 21600 pixelWidth"></v:f> <v:f eqn="prod @3 21600 pixelHeight"></v:f> <v:f eqn="sum @0 0 1"></v:f> <v:f eqn="prod @6 1 2"></v:f> <v:f eqn="prod @7 21600 pixelWidth"></v:f> <v:f eqn="sum @8 21600 0"></v:f> <v:f eqn="prod @7 21600 pixelHeight"></v:f> <v:f eqn="sum @10 21600 0"></v:f> </v:formulas> <v:path o:extrusionok="f" gradientshapeok="t" o:connecttype="rect"></v:path> <o:lock v:ext="edit" aspectratio="t"></o:lock> </v:shapetype><v:shape id="Imagem_x0020_8" o:spid="_x0000_s1026" type="#_x0000_t75" style='position:absolute;left:0;text-align:left;margin-left:294.95pt; margin-top:340.95pt;width:127.95pt;height:87.65pt;z-index:251663360; visibility:visible;mso-wrap-style:square;mso-width-percent:0; mso-wrap-distance-left:9pt;mso-wrap-distance-top:0;mso-wrap-distance-right:9pt; mso-wrap-distance-bottom:0;mso-position-horizontal:absolute; mso-position-horizontal-relative:margin;mso-position-vertical:absolute; mso-position-vertical-relative:margin;mso-width-percent:0; mso-width-relative:margin'> <v:imagedata src="file:///C:\Users\linus9\AppData\Local\Temp\msohtmlclip1\01\clip_image001.jpg" o:title=""></v:imagedata> <w:wrap type="square" anchorx="margin" anchory="margin"></w:wrap> </v:shape><![endif][if !vml][endif]6. Equipes Força tarefas: são equipes temporárias criadas para cumprir ou executar uma específica tarefa. Quando a tarefa é finalizada a equipe se dissolve. É uma equipe que será temporariamente designado para trabalhar em conjunto para alcançar algo específico e com objetivos claramente definidos. Os profissionais ficam disponíveis para executar algo previamente combinado para o bem da organização, esses participam de pequenas ações em razão do bem maior e benefícios de todos.

Quer saber mais sobre equipes? Acompanhem nossas próximas publicações!


DESTAQUES
POSTS RECENTES
TAGS
Nenhum tag.

Linus RH | Alameda Santos, 200 cj. 61 São Paulo | SP 11 3587 1950

Saiba mais sobre oportunidades e serviços em www.linus.com.br

  • Facebook App Icon
  • Twitter Classic
  • LinkedIn App Icon