Comunicando-se com os diferentes perfis comportamentais: O Analista

Em nossos últimos textos destacamos a importância de entender um perfil comportamental (leia aqui) e falamos um pouco mais sobre o perfil comunicador (leia aqui). Hoje, vamos explorar um pouco mais do perfil analista e sua comunicação.

O perfil analista é aquele que não deixa passar nenhum detalhe. Ele está sempre cumprindo os procedimentos, os métodos, seguindo passo a passo e oferece segurança, garantias e perfeccionismo em seu trabalho.

O analista é organizado, responsável e altamente conservador, sendo hábil ao controlar processos e rotinas repetitivas. É extremamente crítico com o seu trabalho e, principalmente, com o dos outros.

São perfis que fazem um trabalho de pesquisa e análise excepcionais. Porém, uma equipe que contém o analista como predominante, geralmente são equipes de difícil convivência com os outros e não respondem bem a pressão. Quando pressionado, um analista pode sair de cena, se fechar a novas ideias e até mesmo adoecer.

A comunicação desse perfil vem com conhecimento técnico e excesso de detalhes, ele valoriza a lógica e fatos concretos. O analista tende a ser direto e às vezes confrontativo. O relacionamento interpessoal geralmente não é uma prioridade, por isso, esse perfil tende a ser breve e sucinto em sua comunicação, mas quando tira um tempo para explicar algo à outra pessoa, o analista é claro, detalhista e específico.

E qual a melhor forma de se comunicar com esse perfil?

Uma comunicação mal elaborada pode reforçar a tendência de auto avaliação negativa que o analista tem de si mesmo. Já uma boa comunicação deve ser sempre construtiva e estimulante. Quando for necessário repreender um perfil analista a melhor forma é uma conversa individual, e deve-se lembrar que os efeitos de uma repreensão são bastante duradouros nos analistas, e podem ficar remoendo frase por frase durante um longo período.

Para um perfil tão meticuloso e preciso, a comunicação deve chegar de forma clara, com riqueza de informações. Entretanto, o analista tende a ser indeciso, por esse motivo, a comunicação deve ser também direta e direcionada ao propósito do comunicador. Para convencê-lo, geralmente, é necessário usar embasamentos teóricos, planilhas e informações técnicas que afetem a sua decisão. Para incentiva-lo é necessário oferecer garantias, prazos e segurança.

Com alguns cuidados na comunicação, o analista será um profissional de resultados precisos e muito bem elaborados.

Quer saber mais sobre a comunicação com os perfis? Acompanhe nosso blog!!


DESTAQUES
POSTS RECENTES
TAGS
Nenhum tag.

Linus RH | Alameda Santos, 200 cj. 61 São Paulo | SP 11 3587 1950

Saiba mais sobre oportunidades e serviços em www.linus.com.br

  • Facebook App Icon
  • Twitter Classic
  • LinkedIn App Icon